portuguesa

Direção Descendente

1-10 de 20

Página
  1. 1
  2. 2
  1. A JANGADA DE PEDRA (EDIÇÃO DE BOLSO) - José Saramago
    R$24,50
    6x de R$4,08

    Racham os Pirineus, a Península Ibérica se desgarra da Europa. Transformada em ilha -Jangada de Pedra -, navega à deriva pelo oceano Atlântico.A esse espetacular acidente geológico somam-se outros insólitos que unem os quatro personagens principais do romance numa viagem apocalíptica e utópica pelos caminhos da linguagem e, por meio dela, pelos da arte e da cultura peninsulares.A ínsula ibérica vagueia ao acaso de um mar tecido de muitos mitos e história.A história dos povos ibéricos, José Saramago a conta e reconta pela memória de um narrador, múltiplo de si mesmo e dos personagens cujas andanças acompanha.Os mitos se costuram nas pedras da fratura de que se fez a jangada. Neles se recuperam as crônicas, peregrinações de heróis anônimos ou notórios da identidade ibérica, todos notáveis, D. Quixote entre uns, os peregrinos de Santiago de Compostela na Idade Média entre outros.Narrativa perfeita na qual os fantasmas do inconsciente pousam familiarmente no cotidiano; surrealismo vigoroso que torna o incomum realidade, criando as condições oníricas para virar o mundo às avessas e, então, contar-lhe, com ironia e graça, os transtornos de erros e acertos, de enganos e desenganos.Posto assim ao contrário de si mesmo e de suas aparentes e reais firmezas, o mundo abre-se para a aventura ficcional da desconstrução das certezas das palavras e dos objetos; deixa-se viajar no estranhamento que daí decorre; reencontra-se em signos velhos e cristalizados: signos novos contudo, nos enigmas em que se tornam, reveladores também nas fantásticas soluções narrativas que desencadeiam.
    Carlos Vogt

    Cia. das Letras - 296 pág. - brochura - formato 12.50 x 18.00 cm

    Detalhes
  2. 	O EVANGELHO SEGUNDO JESUS CRISTO (EDIÇÃO DE BOLSO) - José Saramago
    R$28,00
    6x de R$4,67

    "O filho de José e de Maria nasceu como todos os filhos dos homens, sujo de sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque o fizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo." Todos conhecem a história do filho de José e Maria, mas nesta narrativa ela ganha tanta beleza e tanta pungência que é como se estivesse sendo contada pela primeira vez. Nas palavras de José Paulo Paes: "Interessado menos na onipotência do divino que na frágil mas tenaz resistência do humano, a arte magistral de Saramago excele no dar corpo às preliminares e à culminância do drama da Paixão".

    Cia. das Letras - 376 pág. - brochura - formato 12.50 x 18.00 cm

    Detalhes
  3. SÔBOLOS RIOS QUE VÃO - Antônio Lobo Antunes
    R$29,90
    6x de R$4,98

    Entregue à fraqueza do corpo após a retirada de um tumor maligno, o narrador desta história de fundo autobiográfico passa os dias sofrendo com as dores e humilhações da doença. 

     Lembrando-se dos caminhos trilhados até então, como a ingenuidade e as descobertas da infância, a vila em que morou e os ares da serra, a convivência com os avós e as cartas não correspondidas pela menina que amava, ele narra suas experiências de vida, em contraste à angústia diante à morte.

    António, entre as dores e a confusão provocada pela anestesia e pelos medicamentos, recupera fragmentos da sua vida e das pessoas que a atravessaram. Como um rio que corre, assim como no trecho de Camões - que dá título ao romance -, o leitor vive com ele as angústias em relação à doença, a proximidade da morte e o chamado da vida.

    Sôbolos rios que vão é um romance único, narrado de forma vigorosa - uma prosa que foge da linearidade, possibilitando que tempos distintos se misturem naturalmente entre as vozes dos personagens. Nele, Lobo Antunes revela a memória como uma valiosa herança para se lidar com o presente e superar os seus males. Em sua narrativa, o autor português insere o leitor em momentos de desesperança que se intercalam com a nostalgia do que viveu e imaginou.

    Ed. Alfaguara - 192 pág. - brochura

    Detalhes
  4. ESTÁ FICANDO TARDE DEMAIS - Antonio Tabucchi
    R$30,50
    6x de R$5,08

    Mais do que uma "pequena comédia humana portátil", como ironicamente sugere o autor, poderíamos definir este livro como perturbador "tratado" sobre as paixões humanas. Nessas páginas memoráveis, povoadas de vozes perdidas e entregues a uma improvável posta-restante, vozes que são um leve cochicho, ora lamento, ora toque de arrependimento, ora estrondo de tempestade, percebe-se o ruído que faz parte da vida e da natureza. São história que, apesar de pertencerem ao momento atual, parecem atemporais, porque atemporais são as vicissitudes e os destinos dos homens, diferentes nas aparências mas imutáveis na sua profunda essência.

    Ed. Rocco - 194 pág. - brochura

    Detalhes
  5. NO TEU DESERTO - Miguel Sousa Tavares
    R$32,00
    6x de R$5,33

    Um jornalista relembra uma travessia do deserto do Saara feita com uma garota quinze anos mais jovem. Durante quarenta dias, o narrador e Cláudia atravessaram as paisagens áridas do continente africano e viveram uma experiência marcante, que vai se projetar por muito tempo na vida de ambos. A viagem aconteceu em 1987 e o narrador se põe a contar a história vinte anos depois. 

    Ele é racional e impetuoso. Ela, impulsiva e imatura, mas também espontânea e encantadora. Eles partem de Lisboa num jipe abastecido de comida enlatada, alguma bebida alcoólica, uma bússola e um mapa militar dos anos 1950. Os demais integrantes da excursão (mais uma dezena de jipes) vão pelo Marrocos, mas o casal entra no continente africano pela Argélia, pois dependem de uma licença de filmagem expedida em Argel. O jornalista capta imagens que usará em reportagens para revistas e uma televisão portuguesas.

    A princípio marcada pela distância, a relação entre os dois aventureiros se intensifica ao longo da viagem na luta contra o tempo, no enfrentamento da burocracia e da corrupção argelina, na confusão das cidades africanas e no dia a dia de acampamento e improvisos. A intimidade avança para um sentimento amoroso, que nasce da cumplicidade naquela situação adversa: solidão, viagem, silêncio, paisagens inóspitas.

    Vinte anos depois o narrador descobre casualmente que a moça morreu e decide contar a história desse amor para, de alguma forma, reter a felicidade desse encontro na memória. O romance é um acerto de contas emocionado desse jornalista-narrador para com a memória de Cláudia, de quem ele guarda poucas fotografias, mas numerosas e intensas lembranças.

    Cia. das Letras - 128 pág. - brochura

    Detalhes
  6. UMA AVENTURA SECRETA DO MARQUÊS DE BRADOMÍN - Teresa Veiga
    R$34,00
    6x de R$5,67

    Quem lê Uma aventura secreta do Marquês de Bradomín tem a impressão de estar diante da narrativa dos feitos de homens que, por motivos diversos, são merecedores de alguma notoriedade: o marquês do conto que dá nome ao livro, o engenheiro Rui Pelágio de “As parcas” ou o médico Carlos Sampedro de “O maldito, Marianina, e o feitiço da Rocha da Pena”. No entanto, aos poucos, e com a naturalidade inerente a todo grande narrador, os acontecimentos tomam rumos inesperados, e o foco da lente precisa de Teresa Veiga se ajusta sobre as mulheres que são o verdadeiro motor a impulsionar seus contos.
    Em Uma aventura secreta do marquês de Bradomín, Teresa Veiga cria histórias em que o mais importante muitas vezes parece ser o que não foi dito, e em que o transcendente e até o sobrenatural vêm à tona nos momentos mais inesperados, transformando suas personagens em criaturas tão cativantes e misteriosas quanto sua própria autora.

    Ed. Cia. das Letras - 128 pág. - brochura

    Detalhes
  7. AFORISMOS E AFINS - Fernando Pessoa
    R$37,90
    6x de R$6,32

    Aforismos e afins traz à tona a vertente de exímio frasista do poeta português. Esta edição, que mantém a ortografia portuguesa original, é resultado de um cuidadoso trabalho de estabelecimento de texto, e traz um breve aparato crítico que, embora preparado por um especialista - Richard Zenith -, não se distancia dos interesses do leitor comum.

    Detalhes
  8. A Jangada de pedra - Uma viagem alegórica à poética de José Saramago - Penha, Gisela Maria De Lima Braga
    R$38,00
    6x de R$6,33

    "Este estudo analisa a alegoria como procedimento de construção fundamental em A jangada de pedra (1986), de José Saramago, em que ela desponta como 'figura' ideal para performatizar o insólito posicionamento do país, segundo a ótica do narrador do romance. Empreendendo uma leitura alegórica da alegoria, isto é, desfazendo seu funcionamento tópico, construímos uma análise da obra na qual esta se oferece como verdadeira alegoria da modernidade para focar a identidade cultural portuguesa. A dessacralização de mitos ligados a uma tradição histórica e o poder desestabilizador da linguagem narrativa se interpenetram no funcionamento alegórico fazendo de A jangada de pedra uma obra singular."

    Ed. Unesp - 176 pág. - brochura

    Detalhes
  9. UM DIA DE CHUVA - Eça de Queiroz
    R$39,00
    6x de R$6,50
    Conto primoroso (e pouco conhecido) do escritor português Eça de Queiroz, pela primeira vez publicado em livro, em edição independente. Um dia de chuva é uma pequena obra-prima na opinião do crítico Antonio Candido. Escrito perto de sua morte, o autor deixou o texto por terminar, e este aspecto de inacabado é um traço de modernidade que só faz enriquecer a leitura. Na história, José Ernesto, um solteirão que mora em Lisboa, vai até uma cidade do Norte de Portugal com o intuito de comprar uma quinta, para fugir da cidade grande. Ao chegar, sucedem-se vários dias de chuva incessante, em que o protagonista conversa com o padre e com o caseiro. A chuva permeia o conto e define seus limites, criando uma espécie de cortina através da qual enxergamos, junto com José Ernesto, a casa com seus cômodos, corredores e memórias da família que ali habitava. Detalhes
  10. O FILHO DE MIL HOMENS - Valter Hugo Mãe
    R$39,00
    6x de R$6,50

    Novo romance do escritor português Valter Hugo Mãe, O filho de mil homens narra a história do pescador Crisóstomo, “um homem que chegou aos quarenta anos e assumiu a tristeza de não ter tido um filho”. Com vontade imensa de ser pai, o protagonista conhece o órfão Camilo, que um dia aparece em sua traineira. Ao redor dos dois, outros personagens testemunham a invenção e construção de uma família em vinte capítulos, escritos com rara delicadeza. Mãe, ao falar de uma aldeia rural e dos sonhos anulados de quem vive nela, atravessa temas como solidão, preconceitos, vontades reprimidas, amor e compaixão
    Ed. Cosac Naify - 255 pág. - brochura
     

    Detalhes

Direção Descendente

1-10 de 20

Página
  1. 1
  2. 2
Loja Virtual UOL HOST